Como garantir uma recolocação no mercado de trabalho em 2018

Depois de alcançar o assombroso índice de 13,6% em março, a taxa de desemprego no Brasil finalmente engatou marcha descendente - e quem estiver bem preparado terá mais chances de embarcar no "bonde do emprego" que poderá passar em 2018. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego vem diminuindo desde abril, em um movimento constante, apesar de lento. Na última pesquisa, em outubro, a taxa caiu para 12,2%, e economistas acreditam que, até o fim do ano (que já está aí), baixe até 11,7%.

Ou seja, vêm aí mais vagas. O primeiro passo para se recolocar é caprichar na elaboração da carta de apresentação profissional: o currículo. É fundamental saber destacar os pontos fortes, como língua estrangeira, trabalho voluntário ou intercâmbio, por exemplo, detalhando como foi sua experiência. Você também pode e deve listar cursos como de informática ou profissionalizantes.

Os especialistas alertam que falta de experiência não é fator excludente para ninguém do mercado de trabalho, principalmente em momento de retomada da economia, quando as empresas buscam novos talentos. De maneira geral, a idade ou a falta de experiência não são vistas de maneira negativa pelas empresas. Afinal, em algum momento, as pessoas precisam começar a trabalhar para obter experiências de trabalho. E quando é este o caso (falta de experiência), outros pontos serão analisados pelo recrutador.

Competências comportamentais, como capacidade de liderança, facilidade em trabalhar em grupo, vontade de encarar novos desafios e vontade de aprender são alguns elementos que podem pesar a favor do candidato. Para conhecê-las, o candidato deve fazer uma autoanálise e sempre ser sincero para o recrutador. Muitas pessoas não conseguem visualizar suas forças, nem as oportunidades que estas forças lhe concedem, deixando passar boas chances de conseguir um emprego.

O período de final de ano, por sinal, pode ser um bom momento para buscar novas vagas. É quando empresas ainda buscam trabalhadores temporários e preenchem cadastros para substituir os funcionários em férias. Já há oferta de vagas temporárias estimuladas pela Páscoa, que em 2018 cai no final de março, o que leva as fábricas de chocolates a aumentar a produção e recrutar mais trabalhadores. Também haverá preenchimento de vagas em empresas de promoção e representação comercial.

FONTE: gauchazh.clicrbs.com.br

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Trabalho Temporário e Recursos Humanos

Se Inscreva

(11) 3040-8889

(41) 2626-1439

(48) 3181-0386

(51) 3778-0000

© 2020 GP Temporários.  Todos os direitos reservados.