Veja alguns sinais de que você é um péssimo líder

Nos últimos anos, o empreendedorismo virou a opção profissional de muita gente – especialmente diante da crise econômica e da necessidade de buscar novas fontes de renda. Alguns desses entrantes, porém, repetem uma falha conhecida nas organizações: a falta de uma boa liderança. Esse é um problema não apenas para os funcionários, mas para o negócio como um todo. “O líder é o modelo de referência para a cultura do empreendimento. Quando eu chego em uma empresa, eu analiso a equipe e, a partir disso, a liderança. Assim, uma equipe desanimada, que não busca resultados, é resultado de uma cultura organizacional mal liderada”, afirma Lincoln Carrenho, palestrante especializado em inteligência emoc

Como ter uma conversa sobre carreira com jovens desengajados da produtividade

Um relatório divulgado pelo Banco Mundial, na última semana, trouxe um dado muito preocupante para a população jovem e o mercado de trabalho. O levantamento aponta que jovens brasileiros, com idade entre 19 e 25 anos, correm sério risco de ficar fora do circuito dos bons empregos no País e, portanto, estariam mais vulneráveis à pobreza. O dado alarmante é resultado do grande número de jovens brasileiros que estão desengajados da produtividade, ou seja, aqueles que nem trabalham, nem estudam. Se você quiser saber mais sobre esses dados, pode ler a matéria completa aqui. Ao invés de nos atermos aos números e aos problemas que levam a essa situação dramática, afinal, esse problema tem muitas ra

O que te inspira a ser um profissional melhor

Todos nós precisamos de algo que nos inspire a levantar da cama todos os dias e que nos faça acordar dispostos e prontos para mais um dia de trabalho. Porém, quando somos indagados com “o que inspira você a ser um profissional melhor?”, o silêncio vem à mente por um momento. A inspiração surge de várias maneiras diferentes e cada um é inspirado por alguma motivação distinta. Mas no mundo corporativo, há momentos em que buscamos encontrar nossa própria razão de trabalhar. No caminho para o trabalho, costumo observar as pessoas ao meu redor. Foi vendo cada pessoa que vai para um trabalho diferente que surgiu a questão “o que me inspira a ser um profissional melhor?”. Resolvi, então, fazer essa

Demissão sem traumas

Com ou sem crise, não há escapatória: todo líder precisará um dia realizar uma demissão. Esse é um dos lados ruins de assumir a frente de uma equipe. Muitos perdem o sono de pensar nesse momento. De fato, ele é desgastante e desagradável. Mas, haveria uma forma de tornar esse momento mais tranquilo e menos doloroso? Sim! Por isso, hoje vamos compartilhar com você um passo-a-passo que tornará esse processo muito mais suave e até mesmo evitar o desligamento do colaborador. Antes de entrar nos passos que prometemos, permita-me pontuar duas categorias de demissão. Você pode demitir um colaborador por baixo desempenho – e é sobre isso que trataremos hoje. Mas você também pode ter que fazê-lo por

Ano pode ser bom para os temporários

O ano promete ser movimentado em todos os setores, e também na economia. Com a tendência de crescimento da atividade econômica neste ano, as contratações também devem ter alta, pelo menos de trabalhadores temporários. Em 2018, além das datas comemorativas que já demandam contratações extras, a Copa do Mundo da Fifa e as eleições devem abrir milhares de vagas temporárias. E a Páscoa já é um termômetro para este cenário. “Tivemos uma grande demanda do mercado e uma grande procura por parte dos profissionais também. Para a Páscoa, por exemplo, recebemos mais de 30 mil candidatos (temporários)”, explica Alex David, gerente nacional de contas da Randstad, líder global de soluções em Recursos Huma

Dicas do que não se deve fazer em uma entrevista de emprego

Hoje em dia muitas pessoas estão em busca de uma colocação no mercado de trabalho. E em meio à essa crise que enfrentamos, está muito difícil ser selecionado até para uma entrevista. Por isso, é importante não errar nesse momento, e dessa forma aumentar as chances de ser selecionado para o cargo oferecido. Então vamos citar abaixo o que o candidato não deve fazer quando for para uma entrevista. Não chegue atrasado Um dos maiores erros de muitos candidatos é se atrasar para a entrevista. Isso pode ser um dos maiores pontos negativos que ele pode ter, mesmo sem ser contratado. O entrevistador pode olhar para essa atitude como falta de compromisso do candidato. Aliás, nenhum empregador quer con

5 pilares da gestão de pessoas

Gestão de pessoas é o conjunto de estratégias empregadas por empresas para desenvolver seu capital humano. As ações de Recursos Humanos são exercidas desde a atração dos melhores profissionais possíveis e incluem seu desenvolvimento, retenção e motivação para desempenhar suas funções. Foi-se o tempo em que as pessoas eram vistas como simples engrenagens que poderiam ser facilmente substituídas dentro de uma organização. Cada vez mais as empresas encaram seus colaboradores como peças essenciais para o sucesso. Nesse contexto, a gestão de pessoas e dos recursos humanos acabou ganhando bastante força nos últimos tempos. Hoje em dia, administrar os recursos humanos e potencializar o desempenho d

Possibilidade de horários flexíveis leva mulheres aos negócios

Estudo da Rede Mulher Empreendedora (RME), entidade de apoio ao empreendedorismo feminino, aponta que a cada 100 empresas abertas no Brasil, 52 são lideradas por mulheres. A pesquisa, realizada em agosto e setembro de 2017, indica que 79% delas possuem nível superior ou mais, 55% têm filhos, 44% são chefes de família, 61% são casadas e a idade média ao empreender era 38,7 anos. O estudo ouviu 1.365 empreendedoras de todo o Brasil e também apurou o motivo que levou essas mulheres a criarem o negócio. A flexibilidade de horário impulsionou 50% delas e 30% alegaram o desejo de ter mais tempo com a família. “É importante deixar claro que a busca por flexibilidade de horário e o desejo de estar m

Contratação temporária na reforma trabalhista

O trabalho temporário não é novidade no âmbito trabalhista, principalmente para os empresários no ramo do comércio, notadamente nos períodos de ‘’alta temporada’’ pois há um aumento significativo nas vendas e os empregadores se veem na necessidade de contratar temporários para suprir a demanda de clientes. Essa modalidade de trabalho é regulamentada pela Lei nº 6.019/74, todavia, sofreu grandes alterações com a publicação da Lei nº 13.429/17, ampliando a possibilidade de contratação do trabalhador temporário. Antes da nova lei, era possível a contratação de temporário em duas hipóteses: 1 – para atender as necessidades de substituição de pessoal regular e permanente da empresa, e 2 - necess

As idas e vindas no mercado de trabalho

A explicação está na ponta da língua: o aumento de 0,4 ponto porcentual na taxa de desemprego no trimestre encerrado em janeiro é basicamente um resultado do fim dos contratos temporários assinados pelas empresas para dar conta do movimento de final de ano. Portanto, não justificaria um temor com a interrupção do processo de reerguimento do mercado de trabalho. A questão, contudo, é que esses números relativos — e suas pequenas variações, para cá e para lá — não são suficientes para dar a real dimensão da situação do mercado. A taxa de desemprego apontada pelo IBGE nesse período — 12,2% da população economicamente ativa — representa 12,7 milhões de desempregados no País, mais do que a popul

Empregos criados a partir da nova lei trabalhista vão deslanchar no primeiro semestre

Depois de toda a discussão gerada recentemente pelas mudanças na Lei Trabalhista, será que o mercado já está sentindo os efeitos das alterações? Agora é hora de ver os primeiros resultados. Na análise dos especialistas o mercado ainda não teve uma reação imediata causada pela nova Lei Trabalhista já que a questão está instável ainda, mas aos poucos essas alterações serão assimiladas. As vagas terceirizadas que surgiram no final do ano passado e no início de 2018 seguiram o fluxo normal deste período, ou seja, não houve nenhum aumento de demanda para terceirizados pela nova lei. É uma questão cultural mesmo. Algumas empresas ainda estão com receio por causa dos sindicatos e outras ainda não d

Como vencer a insatisfação no trabalho

É praticamente normal nos sentirmos, em determinado momento, desmotivados com o nosso trabalho. Mesmo se formos donos de empresa, quando as coisas não saem como planejamos, eventualmente nos perguntamos se estamos no caminho certo. Em um emprego que somos os empregados, muitos processos não dependem de nós, e quando dão errado ou se tornam demorados, a frustração fala mais alto que a motivação de tentar novamente. Apesar de ser quase habitual essa desmotivação, podemos vencê-la!! Basta nos atentarmos para as orientações abaixo: Identifique o problema Primeiro, você precisa identificar o que te deixa insatisfeito. Muitos de nós nos equivocamos ao pensar que a insatisfação não tem uma origem,

Páscoa já gera mais de 23 mil vagas temporárias

Mal acabou o Carnaval e o setor de chocolate já está com tudo pronto para iniciar a época mais esperada do segmento. Segundo dados da Abicab (Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados), nesta temporada, que começou em outubro de 2017 e segue até o fim de março, foram geradas 23 mil vagas de trabalho temporário nas indústrias e lojas especializadas em todo o Brasil para atender a demanda de ovos e produtos de chocolate. Apesar de ser 5,9% menor do que o total de empregos abertos para a Páscoa de 2017, a contratação de temporários deste ano é considerada positiva pelo setor, que espera vendas maiores. Empresas ainda se mostram prudentes na hora de emp

Trabalho temporário, intermitente e jornada parcial - Entenda o que é cada uma destas modalidades

Você quer saber tudo que engloba o assunto trabalho intermitente, temporário e jornada parcial? Esse tema é bastante importante e tem sido muito pesquisado, em especial nos últimos meses, por conta das novidades que vieram com a Reforma Trabalhista. Muitas pessoas, tanto empregados quanto empresários, ainda possuem dúvidas com relação ao que permanece na lei e também às novas alternativas no mercado de trabalho. Além disso, ainda existem incertezas se essas alterações serão positivas ou negativas para todos os envolvidos. É para tornar tudo mais claro para você que este artigo foi construído. A intenção não é opinar sobre as mudanças. Essas mudanças, basicamente, querem dizer que uma empresa

Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon

Trabalho Temporário e Recursos Humanos

Se Inscreva

(11) 3040-8889

(41) 2626-1439

(48) 3181-0386

(51) 3778-0000

© 2020 GP Temporários.  Todos os direitos reservados.