Cronograma da reforma trabalhista será mantido, diz ministro

O ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy, disse que o governo já conseguiu reverter o cronograma da reforma trabalhista no Senado. Concluir a votação desse projeto, que já passou pela Câmara dos Deputados, é condição para avançar na reforma da Previdência no plenário da Câmara dos Deputados.

Ele admitiu que o governo terá que fazer um retrabalho na articulação política para aprovar a reforma da Previdência. Além de reforçar as negociações com os maiores partidos da base, será preciso uma atenção especial junto às menores siglas. Entre elas, PTN e PHS. Outras legendas, como PPS e PSB já estavam rachadas e portanto, nada mudou em relação ao apoio às propostas. Segundo o ministro, há compromisso dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia e do Senado, Eunício Oliveira, em voltar a defender as propostas. O governo também mantem a intenção de trabalhar pelo fechamento de questão em torno da reforma da Previdência.

Fonte: Sindeprestem

Posts Em Destaque
Posts Recentes