© 2018 GP Temporários

Faça parte da nossa rede
  • Facebook - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
Onde estamos
Fale conosco

Rua Ramiro Barcelos, 630

Sala 819 - Edifício Design Office Center

Bairro Floresta - Porto Alegre, RS

51 3778 0000
Atendimento de Segunda à Sexta-Feira

Das 9:00 às 18:00

Produzido e Mantido por FSTN Marketing

Como lidar com a promoção no trabalho e os desafios de ser promovido?

04/05/2017

O grande desafio de ser promovido em uma corporação é conseguir transmitir para os seus colegas de trabalho, que com a sua promoção passarão a ser seus subordinados, a ideia de que você seguirá sendo o mesmo indivíduo, uma pessoa que continuará tendo os mesmos valores. Mostrar ao grupo que o que mudará será a relação hierárquica entre vocês, mas não o indivíduo. Existem dois sentimentos antagônicos que podem ser deflagrados toda vez que alguém é promovido: a admiração e a inveja. Infelizmente o mais frequente é o sentimento de inveja e um certo desconforto em relação ao colega promovido.

 

Implicitamente, por trás deste sentimento costuma estar o seguinte pensamento e questionamento: Por que ele foi promovido e não eu? O que ele faz a mais que eu não faço? Daí também podem surgir pensamentos relacionados a uma sensação de injustiça, como por exemplo “ele foi promovido porque é um bajulador, um “puxa-saco”. A questão é que todos esses pensamentos e sentimentos são destrutivos e relacionados a comportamentos de vitimização. O líder deve procurar sempre trabalhar junto ao grupo a possibilidade de enxergar a promoção do colega sob uma outra perspectiva, a da inspiração. Se um membro da equipe foi promovido, todos também podem ser. 


Embora cada um tenha uma personalidade e uma forma de trabalhar, existem características e comportamentos comuns às pessoas que se destacam pela liderança.

Iniciativa, comprometimento, assertividade, foco no resultado, perseverança, otimismo por exemplo são comportamentos-base para qualquer avanço profissional em termos de liderança. Se o seu colega de trabalho foi promovido, investigue se ele não apresenta alguns desses comportamentos.

 

Como “na prática” isso se manifestava? Como era a rotina de trabalho deste seu antigo colega, agora promovido? O principal diferencial de quem recebe promoções na empresa é que são pessoas que entregam resultados acima da média. Para conseguir se destacar, em geral, são pessoas que se organizam para obter uma boa gestão do tempo. Não perdem muito tempo em redes sociais e não ficam acessando a todo momento e-mails e mensagens no celular. Trabalham muito na solução de problemas, se responsabilizando 100% pela questão e não desistem enquanto não encontram uma solução. Por que não utilizar esses comportamentos como parâmetros para a sua vida profissional?

 

E quando foi você quem foi promovido?

A primeira coisa recomendável é ampliar os canais de comunicação com a equipe que você vai liderar agora. É natural que surjam sentimentos de insegurança, burburinhos de corredor, até mesmo fofocas. Facilitando a comunicação, o líder se aproxima da equipe e diminui possíveis tensões. Uma das necessidades humanas mais fundamentais é ser ouvido, poder manifestar o que pensa e sente. Toda vez que o gestor abre essa possibilidade, a equipe se sente atendida e tende a se engajar mais. Aumenta a sensação de pertencimento, de estar em um grupo que o valoriza como indivíduo. Uma das estratégias para aumentar o pertencimento é fazer reuniões de brainstorming para solução de problemas complexos. Nessas reuniões, como todos contribuem com ideias e possíveis soluções, o resultado é sempre coletivo e não apenas do líder. Como o princípio básico de um brainstorming é que nenhuma ideia é absurda ou errada, estimula-se o pensamento criativo, a inovação e a integração da equipe aumenta.

 

Ao mesmo tempo que o colega de trabalho promovido precisa demonstrar que será um líder acessível e presente, é importante deixar claro as novas funções e responsabilidades. Por antes existir uma relação de coleguismo, o novo líder pode sentir dificuldade em cobrar resultados dos companheiros de trabalho. Ter autoridade é diferente de agir com autoritarismo. O líder pode ser aberto, compreensivo e próximo de sua equipe, mas ao mesmo tempo ser firme ao cobrar resultados.

 

Há outras questões, agora falando de questões internas, que o novo líder precisa trabalhar. A primeira delas é saber delegar. Muitas pessoas têm dificuldade em aceitar que uma tarefa delegada não será feita como ela mesma faria. O resultado será diferente, tão bom ou até melhor do que aquele que ela entregaria. A questão é que é muito frequente líderes possuem um alto nível de auto cobrança. Acabam conferindo e, às vezes, refazendo todo o trabalho já realizado pelos colaboradores. Agindo com perfeccionismo a pessoa se cansa, acaba trabalhando dobrado, o que pode acarretar esgotamento físico e mental. Enquanto isso sua equipe se desmotiva, pois, entende que todo o seu esforço foi em vão, não foi aproveitado.

 

Existem técnicas de Coaching que trabalham a mudança de posição percentual. Ou seja, toda vez que há um conflito, uma divergência de ideias, o líder pode estimular o colaborador a fazer o exercício de se colocar no lugar do outro, enxergar e sentir a situação sob um outro ponto de vista. Buscar entender as razões que levaram ao outro a se comportar daquela maneira. Acredito que quem possui mais recursos, intelectuais e emocionais, precisa ser também mais generoso. Um verdadeiro líder é empático, ou seja, capaz de enxergar e sentir como seus liderados, mas também é forte, firme e justo, servindo de fonte de inspiração para sua equipe.

 

Fonte: Site Artigos - adiministradores.com.br

Please reload

Posts Em Destaque

Quais os benefícios do trabalho temporário para empresas e trabalhadores

May 4, 2017

1/2
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo